sábado, 1 de junho de 2013

1a. Corrida Ecologica de Campo Magro

Tem uma coisa que eu gosto muito de fazer: PROVAS. Não provas de faculdade, essas ai até engulo, mas provas de qualquer uma das modalidades do triathlon, separadas ou juntas de alguma forma. Essas eu adoro! Sempre que pinta uma oportunidade de competir eu caio de cabeça já que na minha condição de iniciante eu não estou me preparando pra nenhuma prova especifica (AINDA!).

Dia 19/05 segundo o calendário da Federação Paranaense de Triathlon haveria uma prova de Duatlhon (não aquele de sair esquiando, mas um duatlhon que revezaria corrida, 5 km, ciclismo, 20 km e novamente corrida, 5 km). Eu estava um pouco nervosa pra essa prova já que apesar de conseguir cumprir as distancias tranquilamente em treinos, sabia que ia sofrer um pouco para realiza-las em sequencia. Apesar disso a empolgação em realizar a prova já estava crescendo dentro de mim, até que meu noivo Felipe foi realizar a inscrição. A prova havia sido CANCELADA! Estavamos já programando o final de semana em função da prova, então isso me frustrou um pouco.

Fiquei inquieta com a situação e fui procurar sarna pra me coçar. E achei: 1a Corrida Ecológica de Campo Magro. As inscrições ainda estavam abertas, então nem pensamos! Os dois se inscreveram para a corrida de "5" km. Foi bem conveniente na verdade, meu treinador Mauricio tinha me sugerido que eu fizesse mais corridas rusticas, etapa no triathlon que eu tenho um pouco mais de dificuldade e o Felipe ia fazer uma prova/teste/treino para a corrida de 10 km que ele está se preparando.

Campo Magro é uma cidade próxima a Curitiba, conhecida pelos diversos morros. A cidade inteira é um sobe-desce, não deve ter 50 metros de plano na cidade. Isso nos deixou um pouco apreensivos, pois a organização da prova não havia divulgado o percuso. Deixamos para pegar o kit no dia (camiseta regata e número de peito, divulgaram que haveria chip mas isso não foi cumprido), muitos atletas profissionais (na verdade não eram tantos, mas como o público participante era bem pequeno eles devem ter somado 15% dos corredores) por conta da premiação em dinheiro (500 reais para o primeiro lugar). Conversamos com alguns corredores antes da largada e a maioria ali era iniciante com pouca ou nenhuma experiencia em provas. Todos estavam meio desconfiados da organização, já que nada nos foi dito sobre o percurso, não havia chip e a largada estava atrasando.

Faltando uns 10 minutos pra largada finalmente uma amostra do que seria o percurso: uma seta apontando para esquerda no final da rua. E mais nada foi dito. Algum tempo depois nos foi solicitado que nos alinhassemos na linha de largada. Ficamos uns 5 minutos ali enquanto o prefeito de Campo Magro tirava fotos em frente ao pessoal (uns 50 corredores no total). E um sonoro VAI (que o Felipe diz que ouviu pois estava nas primeiras posições da largarda) marcou o inicio da corrida.
Largada! Dá pra ver o Felipe ali, obviamente o mais charmoso de todos!
Agora vou pedir pro Felipe contar um pouquinho de como foi a corrida dele:

"O meu objetivo era fazer os 5 km abaixo de 20 minutos. Na verdade eu nem acreditava que conseguiria, já que não conhecia o percurso e o pace ia ser mais rápido do que eu estou acostumado. Mas só consegue quem tenta. Comecei bem, o inicio da corrida foi quase só de descidas, fui ultrapassando muita gente, gente que olhava e me assustava com o ritmo delas, mas passei do mesmo jeito. 2 km de descida, pace a 3:40, 3:50. Pensei: Ferrou, uma hora vamos ter que subir tudo o que descemos. Não deu outra. A partir do km 2 era só subida. O pace foi lá pros 4:20. Como era prova de 5 km eu tentei não forçar tanto pois faltava metade da prova ainda. 3 km e mais subida. Quando cheguei perto dos 4 km resolvi apertar o pace (que nessa hora esta a uns 4:15). Virando uma esquina percebi que não estava nem a 500 metros da chegada e era a maior subida da prova. Forcei mas não deu pra fazer nenhum milagre. A prova acabou com 4,3 km e eu fechei em 18 minutos certinho. Foi meio chato não ter corrido os 5 km principalmente sabendo que se tivesse sido informado antes que a prova ia acabar faltando 700 metros eu iria apertar mais nas subidas. Cheguei em 7o. geral no masculino. Foi muito bom já que todos os 6 que chegaram antes de mim eram profissionais e o corredor que chegou logo depois de mim chegou com 3 minutos de diferença. Fiquei feliz! Descansei 30 segundos e voltei no percurso para achar a Jú e terminar a prova com ela".

Já a prova para mim foi divertida. Saí bem atrás, fui ultrapassada por quase todos. Não desanimei. Como começamos em uma subida, queria pegar leve no início até achar o pace certo. Depois que passamos o 1. km, a respiração ficou ótima, o ritmo estava bom e daí foi só alegria. Acabei ultrapassando um monte de gente, principalmente na subida. Tá bom, não foi um monte de gente, até porque não tinham tantos atletas assim, mas foi o suficiente para eu ficar feliz. Assim como o Felipe, percebi que tinham mais uma subida e como faltavam 1.5km pensei em tentar fazer ela bem e me largar no último km. Até que chega o Felipe e me diz que faltam apenas 500m, achei que ele estava só falando isso para me motivar, mas infelizmente não. Me esforcei muito, cheguei quase sem ar. Acabei com o tempo de 26min 40s, o que para mim foi como um recorde mundial.

A prova não foi um grande evento, mas uma diversão gostosa de domingo. Sempre que puder vou postar os relatos de prova, então se preparem! Na semana que vem começando no domingo dia 09/06, vou fazer 3 provas em 7 dias! Vou começar com os 5 km na meia-maratona de Florianópolis (o Felipe vai correr 10 km na esperança de pegar um sub-45, está treinando pesado!), no meio da semana dia 12, eu e o Felipe faremos em dupla o revezamento na Corrida dos Namorados em Curitiba e finalmente terminando no meu grande objetivo que é o Aquathlon do Graciosa. Por que grande objetivo? Fiquem ligados nos próximos capitulos, hehehe!  Vai ser muito legal e eu vou contar todas as minhas experiências aqui no blog.

8 comentários:

  1. Legal o teu blog, gostei bastante. Beijo e bons treinos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Ivana. Ainda estou no começo.
      Todas as dicas sã super bem vindas

      Bjs

      Excluir
  2. Muito bom o seu blog, Júliah, já estou adicionando à minha lista de leitura, vou acompanhar sempre.

    Abraço e bons treinos.

    Fábio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fábio,
      Poxa, fiquei muito feliz com seu comentário.
      Se tiver alguma sugestão, por favor me diga.

      Abs, nos vemos na pista : )

      Excluir
  3. Sobre o Morro da Rainha, no site da Corre Brasil tem alguma informação.
    www.correbrasil.com.br/site/eventos/meia-maratona-de-balneario-camboriu/
    Ele não é dos mais fáceis, mas para quem já treina em morro não é tão difícil.
    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Enio, muito obrigada pela informação. Agora fiquei pensando que ano que vem vai ter de novo o GP, estarei melhor preparada para essa empreitada.

      Abs Júlia

      Excluir
  4. Oi, Júliah.
    Vi que suas postagens se iniciaram agora, então seja muito bem-vinda ao universo dos blogueiros corredores.
    Obrigada pela visita no meu bloguinho. Aliás, já inclui na minha lista de leitura. ;)
    Parabéns pela prova. Correr em sobe e desce realmente não é fácil.
    Beijos
    Helena
    correndodebemcomavida.blogspot.com
    @Correndodebem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helena,

      Obrigado pelo comentário! Já havia visto seu blog antes! Vou adicionar voce a lista dos meus aqui! Sobe e desce em 5 km é tortura!!!!!!!

      Felipe

      Excluir