quinta-feira, 30 de maio de 2013

Meu Início

Hoje vou contar um pouquinho sobre mim, mas só até a parte que decidi virar triatleta. O resto vou deixar na curiosidade para outro post  : )
Me chamo Júlia, tenho 27 anos. Sou estudante de Comércio Exterior. Minha famíia é bem pequena: minha mãe, minha irmã e meu noivo. Todos eles me apoiam e incentivam em qualquer loucura que eu deseje fazer. Acho isso ótimo, porque sempre estou pensando na próxima aventura!
Até meus 15 anos não gostava nenhum pouco de esportes. Inclusive, cheguei a pegar prova final em Educação Física por todo o ensino médio. Por influência do meu padrasto entrei nas aulas de Muay Thai. Gostava demais de lutar. Até que por influência de outro homem, o meu noivo Felipe, troquei de luta e fui para a greco-romana (wrestling ou luta olímpica). Já com meus 21 anos, resolvi correr, novamente influenciada por mais um homem, meu sogro e meu noivo novamente. Para falar a verdade, não sei se gostava mesmo de correr ou só de me sentir enturmada. Enfim, com menos de 1 mês que eu corria, mal e porcamente, resolvi fazer uma prova de 10km. Só descobri, quando no meio do percurso tinha uma subida gigantesca. Cheguei aos frangalhos, mas cheguei. Depois disso, fiz mais umas 4 provas de corrida rústica. Sempre chegando acabada e muitas vezes chorando de dor. Obviamente acabei me machucando. Adeus corridas, olá obesidade e sedentarismo!
Passaram uns 5 anos até que eu decidisse que era hora de mudar de vida, em maio de 2012. Me controlava um monte na alimentação, comecei a fazer aulas de natação e spinning, tudo bonitinho. O que eu descobri é que não depende de mais ninguém à não ser de nós mesmo mudar. Fiquei um pouco decepcionada no início, pois eu ali me esforçando e ninguém ai redor nem liguei ou ajudando. Foi muito duro no começo levar a sério e resistir as tentações. Até que o Felipe percebeu que estava "gordinho" também e começou a se cuidar. Você pode saber mais sobre nossa mudança de vida nessa matéria super legal que foi publicada pela O2 por minuto
No final do ano, uma professora de natação me convidou para fazer uma travessia de 750 metros na praia de Bombinhas - SC. Estava totalmente insegura, mas se eu não experimentasse, nunca iria poder dizer se é bom ou ruim. Resultado: adorei!!! Durante o verão de 2012/2013 acabei fazendo mais 5 travessias, todas com distância de 1.500 metros.  Com certeza foi o melhor verão da minha vida. Conheci vários lugares diferentes, fiz amizades, fiz uma travessia noturna, fui queimada por água-viva, nadei contra correnteza. Experiências não faltaram.
Porém, chegou o fim do verão e as travessias também e eu fiquei sem saber o que fazer. decidi começar a correr com minha irmã. Ela tem 8 anos de idade! Achava divertido. Um dia me dei conta que estava fazendo aulas de natação, aulas de spinning e casualmente ia "correr" no parque. Pensei: "Por quê não pegar uma assessoria esportiva e inicar de vez no triathlon? Ahh, já sei, porque não sei andar de bicicleta". Acreditem, não conseguia nem ficar de pé sozinha!!!
Um dia cheguei na academia e tinha um banner de uma assessoria esportiva que eu ja estava de olho. Eles fizeram parceria com a minha academia. Pensei que não teria mais desculpa alguma para ficar na vontade e encarar de verdade o triathlon.
O que aconteceu depois, só conto outro dia!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário